Breaking News
recent

Salvador condiciona reabertura de shoppings e templos a 75% de ocupação nas UTIs

Salvador condiciona reabertura de shoppings e templos a 75% de ocupação nas UTIs
Foto: Reprodução/ Zoom
Shoppings, igrejas e comércio de rua acima de 200m² estão entre os estabelecimentos de Salvador que poderão reabrir quando a ocupação dos leitos atingir 75%. Eles integram a fase 01 do protocolo de reabertura do comércio, elaborado em conjunto pela prefeitura de Salvador e pelo governo da Bahia. As medidas foram anunciadas na manhã desta terça-feira (7), em coletiva de imprensa virtual, concedida pelo governador Rui Costa (PT) e pelo prefeito ACM Neto (DEM).

O democrata esclareceu essa etapa será acionada após cinco dias da taxa de ocupação de leitos da capital em pelo menos 75%. Atualmente, a taxa é de 79,5%.

"A decisão de fazer um protocolo comum, conjunto, foi a mais acertada. Fechamos no domingo uma proposta comum de protocolo. Todos os critérios levam em conta a opinião de profissionais da área de saúde, e não a vontade do prefeito ou do governador", ressalta Neto.

A retomada das atividades deverá ocorrer de forma gradual e progressiva, em ciclos de 14 dias. "Então, para avaliar se liberam outra fase ou não, eles vão avaliar, a cada 14 dias, qual o impacto da reabertura da fase no sistema de saúde da cidade", esclarece o prefeito. Esse é um dos "princípios" destacados pela gestão municipal para indicar como, quando e quais setores serão reabertos a cada momento.

Outros pontos considerados são os critérios técnicos e científicos, pautados em indicadores epidemiológicos e a análise de risco em transmissão do vírus em comparação com o impacto econômico de cada atividade e outros fatores. "O primeiro princípio é a preservação da vida", frisa Neto. 

Dados apresentados na coletiva mostram que a capital dispõe de 1.361 leitos, sendo 736 clínicos e 625 de UTI. Até essa segunda (6), a ocupação é de 67,7% no caso dos leitos comuns e de 79,5% de UTI. De acordo com o prefeito ACM Neto, esses números mostram uma estabilidade na entrada diária de pacientes, mesmo que em níveis elevados.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.