Breaking News
recent

Os mais cotados para assumir o Ministério da Saúde

O Palácio do Planalto está avaliando quem pode substituir Nelson Teich no cargo de ministro da Saúde.
O motivo da exoneração se deu por discordâncias com o presidente Jair Bolsonaro quanto ao uso do medicamento cloroquina.
OS MAIS COTADOS
Nise Yamaguchi: Médica e cientista brasileira de origem japonesa especialista em oncologia e Imunologia, graduou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em 1982 e completou a Residência em Clínica Médica e Imunologia e Alergia no Hospital das Clínicas da FMUSP em 1988. Durante os seus estudos realizou cursos na Alemanha e Suíça sobre a visão humanística do Paciente e seus familiares, participou de reuniões em Nova York, com cientistas do Memorial Sloan Kettering Cancer Center, onde aprendeu aspectos da Imunologia de Tumores que resultaram na Tese de Mestrado defendida na Disciplina de Imunologia do HCFMUSP em 1993.

Eduardo Pazuello: Atual 02 do Ministério da Saúde, Pazuello é general de divisão do Exército Brasileiro e serviu como comandante 12ª Região Militar. Foi nomeado por Teich em substituição a João Gabbardo. Ele, com experiência na área de logística, participou de operações como na ajuda aos refugiados venezuelanos (Operação Acolhida) e Jogos Olímpicos de 2016. Teich, no dia da posse, disse que ficaria com a parte “técnica”, enquanto Pazuello ficaria com a parte “logística”.
Osmar Terra: Médico formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, filiado ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Exerce o sexto mandato de deputado federal pelo Rio Grande do Sul. Foi ministro do Desenvolvimento Social no governo Michel Temer e Ministro da Cidadania no governo Jair Bolsonaro. Foi secretário de Saúde no governo do Rio Grande do Sul.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.