Breaking News
recent

Mais de 40 trabalhadores infectados no presídio de Itabuna

Mais de 40 profissionais que trabalham no Conjunto Penal de Itabuna, estão infectadas pelo novo coronavírus. A informação, em caráter de denúncia, foi passada pelo Sindicato dos Agentes Disciplinares Penitenciários e Agentes Socioeducadores Empregados Terceirizados, Temporários e Contratados em Regime Especial Administrativo do Estado da Bahia. Segundo o diretor financeiro do Sindap, Antônio Reis, pra piorar a situação, a Seap, secretaria estadual responsável pela gestão dos presídios na Bahia, além das empresas contratadas, não repassam qualquer informação sobre a situação para a entidade. “Esta não parece ser uma postura correta. Camuflar ou omitir essas informações compromete vidas humanas”, salienta. Ainda de acordo com o sindicalista, o representante do Sindap, em Itabuna, Ronaldo Gomes, está internado na UTI de um hospital da região. “Temos informações que em todo sistema prisional e socioeducativo há centenas de profissionais com suspeita de estarem infectados”. A direção do Sindap informou que se reuniu com o Secretário da Seap, Nestor Duarte, por vídeoconferência, para exigir providências e ações imediatas que garantam a integridade física dos trabalhadores e cobrou dos órgãos competentes, apuração referente às condições que os profissionais estão sendo submetidas no trabalho. A reportagem do Aratu On tentou entrar em contato com a assessoria de comunicação da Seap, mas, por telefone, não obteve êxito. O posicionamento da secretaria foi, então, solicitado através de email. Porém, até o momento dessa publicação, não recebemos uma resposta.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.