Breaking News
recent

PSOL denunciará Bolsonaro à ONU e à OMS por colocar saúde da população em risco.

Imagem: Reprodução/Facebook/Jair Bolsonaro


A bancada do PSOL na Câmara dos Deputados vai denunciar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) às Nações Unidas e à Organização Mundial da Saúde, informa o jornalista Jamil Chade, do portal UOL.
Segundo a publicação, o presidente violou suas obrigações de proteger a população ao incentivar as manifestações de domingo (15). Sem máscara, Bolsonaro tocou simpatizantes e manuseou celulares de alguns apoiadores para fazer selfies durante ato em Brasília. “Isso não tem preço”, disse, durante transmissão ao vivo em suas redes sociais.
De acordo com Jamil Chade, a denúncia do PSOL será enviada ao diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, e ao relator especial da ONU  sobre o direito a saúde, Dainius Pūras.
A esperança é de que as duas organizações cobrem respostas do governo brasileiro diante da postura do presidente.
Ao longo das últimas semanas, Tedros tem alertado para o risco de governos que têm sido negligentes. Para o africano, líderes têm a obrigação de preparar seus países e proteger suas populações. Em certas ocasiões, o diretor da OMS não disfarçou sua irritação diante da falta de ações de alguns governos. Sempre diplomático, ele tem evitado dar nomes aos governos nesta situação. Mas seu chefe de operações, Michael Ryan, foi claro: “eles sabem quem eles são”.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.