Breaking News
recent

67ª fase da Lava Jato mira multinacional que pagou propina na Petrobras

Deflagrada nesta quarta-feira (23), a 67ª fase da Operação Lava Jato mira a empresa Techint, segundo o portal G1. A Justiça Federal determinou o bloqueio de R$ 1,7 bilhão dos investigados e a Polícia Federal (PF) cumpre 23 mandados de busca e apreensão. A suspeita da PF é de que o pagamento total de propina por parte da empresa foi de R$ 60 milhões, equivalente a 2% no valor de cada contrato. Ao todo, a PF cumpre as 23 ordens judiciais em três estados, sendo 14 no Rio de Janeiro, 8 em São Paulo e 1 no Paraná. Cerca de 100 policiais federais participam da ação. Os mandados foram expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba. A nova etapa da Lava Jato foi batizada de “Tango & Cash”. De acordo com a PF, o nome remete aos valores de pagamento de propina à dupla nacionalidade do grupo investigado, que é ítalo-argentino. Ainda segundo o G1, o cartel, chamado de “O Grupo”, chegou a ser formado por 16 empresas. “O Grupo” passou a aceitar que outras empreiteiras participassem do cartel em 2006. Até então, nove empresas faziam parte. A empreiteira onde são cumpridas as buscas integrava o cartel desde o início, conforme a PF.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.