Breaking News
recent

Após 5 meses no IML, morador de rua é sepultado em Eunápolis

O corpo do morador em situação de rua que foi morto com uma pedrada na cabeça será enterrado no Cemitério da Saudade, bairro Sapucaeira, em Eunápolis, às 14h desta quinta-feira (15). Segundo informações obtidas pelo Radar 64, o cadáver de Gilberto Ceará, como era conhecido, será enterrado como indigente após ficar cinco meses aguardando reconhecimento de familiares no Instituto Médico Legal. Provavelmente foi colhido material genético da vítima para possíveis testes de identificação. Gilberto Ceará foi atingido na cabeça por uma pedra de mais de cinco quilos enquanto dormia no passeio de uma antiga concessionária na Avenida Antônio Carlos Magalhães, no bairro Pequi. De acordo com a informação, nenhum suspeito da autoria do crime foi preso. Um fato chamou a atenção da população após a morte de Gilberto Ceará. O cachorro dele passou horas ao lado do corpo mesmo depois da chegada da polícia. De acordo com a informação, uma Organização Não Governamental (ONG) especializada em resgate de animais ficou responsável pelos cuidados com o cachorro durante os últimos meses.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.