Breaking News
recent

MÃE RASPA A CABEÇA PARA APOIAR A FILHA COM LEUCEMIA


Há dois anos a rotina da dona de casa, Marleide Rosa Filha, é de idas e vindas entre as cidades de Una e Itabuna por conta do tratamento da filha, Maylla Sophia Rosa dos Santos. A pequena, de apenas 5 anos, foi diagnosticada com leucemia linfoide aguda (LLA), após a mãe perceber manchas roxas pelo seu corpo e sangramento no nariz.
Desde então, mãe e filha ficam na Casa de Apoio do GACC em Itabuna, de segunda a sexta, por conta das sessões de quimioterapia que são realizadas no Hospital Manoel Novaes, e vão para casa aos finais de semana. “Se não fosse a equipe médica e a casa de apoio, não sei o que seria da gente”, comenta Marleide.
Por conta da quimioterapia, o cabelo de Maylla voltou a cair e a menina fez um pedido especial à mãe: “Se o meu cabelo cair de novo você tira o seu também?”
Marleide atendeu ao pedido da filha e raspou a cabeça. “Na hora nem pensei na minha vaidade, só pensei em fazer a vontade dela. Só vou deixar o meu cabelo crescer quando o dela começar a crescer e eu ver que não vai mais cair”, diz.
Maylla não faz questão de colocar enfeites na cabeça, nem as perucas que ganhou. “Ela diz confiante que o cabelo dela vai crescer novamente e que o bem vai vencer o mal”, destaca.
A mãe relata que a menina é tranquila, positiva, alegre, brincalhona, inteligente, facilita o tratamento, toma os remédios e não reclama de nada. “Às vezes fico desanimada e ela me fortalece. Ela chega para mim, dá um sorriso e diz: mãe não fica assim não, vai ficar tudo bem”, declara.
Marleide torce para que em breve a filha volte a ter uma vida normal e retome a sua rotina escolar. “Eu deixo Deus trabalhar na vida dela. Confio em Deus que tudo dará certo”, conclui.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.