Breaking News
recent

Santa Cruz da Vitória: Prefeitura promove ações na Semana de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes


A Prefeitura Municipal de Santa Cruz da Vitória, através da Secretaria de Assistência Social, juntamente com o SUAS, CREAS, CRAS e em parceria com o Conselho Tutelar, está realizando uma série de ações, visando divulgar a Campanha de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes.
O tema está sendo abordado através da realização de palestras e debates em escolas, praças públicas e rádio, e contam com a presença de psicólogos, representantes da área da saúde, assistência social e Conselho Tutelar. As ações têm o objetivo de alertar a população e gerar soluções eficazes de prevenção e enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes, ajudando a perceber a importância dos sinais que as vítimas demonstram, quando algo nesse sentido vem ocorrendo, além de orientá-las onde buscar a ajuda.
A Campanha Nacional de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes, é celebrada no dia 18 de maio. Teve início em 2010 e utiliza o slogan ‘Faça Bonito, proteja nossas crianças e adolescentes’, tendo como símbolo uma flor, que remete aos cuidados oferecidos a crianças e adolescentes para que as mesmas cresçam protegidas e saudáveis.
Por que o dia 18 de maio?
Neste dia, em 1973, uma menina de 8 anos, de Vitória (ES), foi seqüestrada, violentada e cruelmente assassinada. Seu corpo apareceu seis dias depois, carbonizado e os seus agressores nunca foram punidos.
Com a repercussão do caso, que ficou conhecido como o “Caso Araceli”, e forte mobilização do movimento em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, 18 de maio foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Desde então, esse se tornou o dia para que a população brasileira se una e se manifeste contra esse tipo de violência.
Para denunciar este tipo de crime, existe o Disque 100. O serviço funciona diariamente, das 8h às 22h, incluindo finais de semana e feriados. A identidade do denunciante é mantida em total sigilo. No município, em casos de denúncia de crimes de violência sexual contra menores, além do Disque 100, o denunciante pode ligar para o número 190. Ou ainda, procurar o Conselho Tutelar, no endereço: Travessa Aristides Batista, 10. Bairro Ubaldino Brandão.
“É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade, de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual. Agradeço a todos do SUAS, CREAS, CRAS e Conselho Tutelar, que abraçaram essa causa e ajudam na defesa das crianças e adolescentes. Obrigada a todas as escolas que abriram as portas para que pudéssemos desenvolver esse projeto. Agradeço também à Santa Cruz FM que disponibilizou um espaço para explanação do tema. A causa é de todos nós!”  - Declarou a secretária de assistência social do município, Luciana Americano Araújo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.