Breaking News
recent

Oposições prevêem luta fratricida entre PSD, PP e PT por Prefeituras em 2020


Otto Alencar, Everaldo Anunciação e João Leão
Deputados de oposição dizem a este  que pretendem assistir de camarote à disputa que PSD, PP e PT, principais membros da coalizão que dá sustentação ao governo Rui Costa (PT), travarão pela conquista do maior número possível de Prefeituras no interior em 2020.
Eles estão convencidos de que a guerra na base governista será muito superior à que pode acontecer entre os próprios oposicionistas. O motivo é um só: quanto maior o contingente de prefeitos, em tese, mais forte o partido chegará para disputar espaço ou mesmo impor sua estratégia à futura chapa ao governo.
Tradicionalmente, tem funcionado assim. Enquanto o PSD, comandando pelo senador Otto Alencar, e o PP, do vice-governador João Leão, considerados duas águias da política baiana, falam abertamente em ampliar sua base de prefeitos, uma declaração do presidente do PT, Everaldo Anunciação, dizendo que a legenda trabalharia para manter o número atual de seus representantes no interior, causou irritação em setores da legenda.
Os críticos de Everaldo acham que faltou agressividade ao líder petista, que não deveria se contentar com o fato de o PT comandar hoje o governo do Estado, mas reforçar as baterias para que o partido saia mais forte no interior das eleições do próximo ano, inclusive para tentar garantir a presença do sigla na cabeça da chapa governista, em 2022.
“Pelo visto, Everaldo não entendeu que em 2022 o cenário será outro, porque o PT estará completando 16 anos no governo e os aliados de hoje já começam a dizer que o tempo do PT no comando do Estado já deu. Só estando forte, o partido poderá ajudar o governador a impor seu candidato à sucessão estadual”, diz um deputado petista.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.