Breaking News
recent

PF deflagra operação contra esquema criminoso na Saúde de Salvador


  A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (20), em conjunto com a Controladoria Geral da União–CGU, a Operação KEPLER, que tem como objetivo de desarticular esquema criminoso que funcionava em Salvador. Segundo comunicado da corporação, há suspeita de fraude à licitação, superfaturamento, desvio de recursos públicos, peculato e lavagem de ativos na contratação de Instituto de Saúde para gestão complementar de unidades de saúde UPA e Multicentros, todas vinculadas à Secretaria Municipal da Saúde do Município de Salvador. 

  Ao todo, cerca de 50 policiais federais, com apoio de 16 auditores da CGU, cumprem 10 mandados de busca e apreensão em endereços vinculados aos entes envolvidos no esquema investigado, dentre eles órgãos públicos, empresas e residências. Conforme a PF, os mandados são cumpridos nas regiões da Av.Paralela, Caminho das Árvores, Comércio, Brotas, Vila Laura e Patamares.

  Ainda segundo a PF, as licitações eram direcionadas a beneficiar um Instituto contratado, o qual terceirizava, através de contratos superpostos e genéricos, parcelas do serviço a empresas recém constituídas e vinculadas ao próprio Instituto, tudo como mecanismo de retornar os valores das subcontratações em benefício de seus representantes e para suposto pagamento de propina a servidores vinculados à SMS/PMS.  

  O nome da operação faz referência ao astrônomo e astrólogo alemão, Johannes Kepler, tido como sucessor de Nicolau Copérnico, uma vez que é um desdobramento da Operação “Copérnico”, deflagrada pela Polícia Federal no ano de 2016, quando foi desarticulada uma organização criminosa enraizada no poder público, envolvendo servidores públicos e prefeitos de diversos municípios do Estado da Bahia, com casuística semelhante ao esquema agora investigado.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.