Breaking News
recent

LUZ NA INFÂNCIA: HOMEM É PRESO COM 1.400 MIL IMAGENS DE PORNOGRAFIA INFANTIL


                                           Houve apreensão de material no interior e em Salvador

  A Polícia Civil  prendeu um homem em flagrante e cumpriu oito mandados de busca e apreensão na Bahia, durante a Operação nacional de combate ao abuso e exploração sexual infantojuvenil praticados na internet, Luz na Infância 4, realizada nesta quinta-feira (28).

  A força-tarefa coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MSP) envolve Polícias Civis do Distrito Federal e de 26 Estados. Na Bahia, a ações são dirigidas pelo Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), com a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), e com o apoio do Departamento de Inteligência Policial (DIP).

  Cerca de 60 policiais civis participaram das ações, que cumpriram oito mandados de busca e apreensão. Foram quatro cumprimentos em Salvador, dois em Lauro de Freitas e dois nas cidades de Jacobina e Guanambi.

  Em Guanambi, o técnico em informática, Luiz Leal da Silva, 33 anos, foi preso em flagrante. Com ele foram apreendidos computadores, celulares, pendrives, memórias para armazenamento de dados e hd’s, contendo mais de 1400 imagens de pornografia infantil.

                          Operação resultou na prisão de um homem em Guanambi

MAIS MANDADOS

  Em Salvador foram cumpridos mandados nos bairros do Bonfim, Jardim Cruzeiro, Itapuã e Paripe. Em Lauro de Freitas nos bairros de Itinga e Centro. Durante as ações foram apreendidos aparelhos utilizados para armazenamento de dados, como notebooks, discos rígidos (Hds), celulares e pendrives. Todo material foi enviado para a perícia técnica.
Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais, que apresentavam indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva.

  Esse conhecimento produzido foi repassado às Polícias Civis – no caso da Bahia, à Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca) e Departamento de Inteligência Policial (DIP) – que, por sua vez, instauraram inquéritos e solicitaram aos juízes locais para expedição dos mandados de busca e apreensão.

  As ações simultâneas mobilizam um efetivo de mais de 1500 policiais em todo o país. A ação desencadeada é decorrente de cooperação mútua entre a Diretoria de Inteligência e a Diretoria de Operações, ambas vinculadas à Secretaria de Operações Integradas do MJSP.

  Houve também colaboração da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, por meio da Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega em Brasília (US Immigration and Customs Enforcement-ICE), oferecendo cursos e capacitações que subsidiaram as quatro fases da Operação Luz na Infância.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.