Breaking News
recent

Rejeitadas as contas do prefeito de Gongogi

Na sessão desta terça-feira (20), o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas do prefeito de Gongogi, Edvaldo dos Santos (Kaçulo), de 2017. O gestor extrapolou o limite máximo estabelecido para despesa com pessoal. Por essa irregularidade o prefeito foi multado em valor equivalente a 12% dos seus subsídios. Também foi aplicada multa de R$ 8 mil pelas demais irregularidades identificadas nessas. A despesa com a folha de pagamento atingiu R$ 11.762.608,51, correspondente a 72,02% da receita corrente líquida de R$ 16.330.629,41, ultrapassando o limite definido em 54%. O município de Gongogi apresentou uma receita arrecadada na ordem de R$ 16.825.271,65, e realizou despesas no montante total de R$ 19.274.861,27, o que revela um déficit orçamentário de R$ 2.449.589,62.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.