Breaking News
recent

Polícia Civil divulga resultados da operação “Bel Cannes” realizada pelas Delegacias de Belmonte e Canavieiras.

A Polícia Civil divulgou nessa segunda-feira (13/08) os resultados da operação intitulada BEL CANNES, frutos de uma investigação em conjunto realizada pelas Delegacias Territoriais de Belmonte e Canavieiras. Os trabalhos das duas delegacias foram iniciados em janeiro desse ano quando duas pessoas foram presas com uma grande quantidade de drogas e armas de uso restrito. O início das investigações constataram que o tráfico de drogas em Belmonte é comandado por duas facções, sendo que, uma delas tinha como representante o indivíduo Talmo Eugênio Santos Júnior que residia em Canavieiras, mas comandava as ações criminosas em Belmonte.
Talmo_presoemcanavieiras
Talmo Eugênio Santos Júnior, preso na Operação Bel Cannes sob a acusação de ser um dos comandantes do tráfico de drogas em Belmonte.
As investigações da Polícia Civil apontaram que Talmo enviava drogas, armas e munições da cidade de Canaveiras para a cidade de Belmonte e mantinha como representante e gerente o indivíduo conhecido por LASANHA (Lazaro Santos da Silva) que também tinha morada em Canavieiras. Os Delegados Wendel Ferreira (Belmonte) e Renato Ribeiro (Canavieiras), que comandaram os trabalhos de investigação, descobriram que Lasanha era responsável pelo recolhimento dos valores arrecadados e cuidava da movimentação das drogas da facção criminosa. Lasanha apareceu morto no Rio Pardo em Canavieiras no dia 13 de março deste ano, em estado de decomposição com perfurações de tiros e eviscerado.
lasanha00001
Lazaro Santos da Silva (Lasanha), acusado pelas investigações de ser o braço executor de Talmo em Belmonte e morto em Canavieiras no mês de Março desse ano.
As duas Delegacias, descobrindo que se tratava de um grande esquema de tráfico de drogas e armas, se uniram nos esforços de apurar todas as circunstâncias do que estava acontecendo e descobriram que o autor do homicídio que vitimou Lasanha foi um indivíduo identificado pelos nome de Marcos Antônio Carvalho Passos Júnior, mais conhecido pelos apelidos de Falsário, Júnior ou Galego, que residia na zona rural de Canavieiras e traficava para Lasanha. Galego queria o lugar de Lasanha na facção e armou uma emboscada onde a vítima levou armas e drogas para serem usados em um suposto roubo, mas foi torturado e esviscerado pelos seus comparsas.
delegaciabelmonte
Foto: Arquivo +BN
Os investigadores da Polícia Civil apuraram que o comando da facção não concordou com a atitude de GALEGO e ordenou a morte do mesmo que aconteceu no final do mês de maio no povoado de Brasas. A Polícia Civil informou que os executores do crime já foram identificados e já têm as prisões decretadas pela Vara Crime de Canavieiras. Ao mesmo passo, as investigações na cidade de Belmonte continuaram e resultaram nas decretações de prisões em desfavor de Talmo, que foi cumprido na cidade de Canavieiras nesta última sexta feira (10/08). Segundo a Polícia Civil, Talmo foi interrogado, confessou que enviava drogas para Belmonte, mas alegou que já parou de traficar há cerca de dois anos. Ele foi recambiado para cidade de Eunápolis onde, após ser interrogado, foi encaminhado para o presídio.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.