Breaking News
recent

Ciclista de 43 anos morre após ser atingido por ônibus no Lago Sul

Um ciclista morreu após ser atropelado por um ônibus no começo da manhã desta segunda-feira (20/8), no Lago Sul. Depois de ser derrubado, Maurício da Cruz Carneiro de Almeida, 43 anos, sofreu parada cardiorrespiratória e chegou a ser reanimado pelo Corpo de Bombeiros. Ele foi encaminhado de helicóptero, ainda com vida, ao Hospital de Base, mas não resistiu aos ferimentos, segundo informou a Divisão de Comunicação da Polícia Civil (Divicom).
 
Maurício chegou ao hospital às 8h20, após sofrer uma segunda parada respiratória enquanto ainda era transportado. O óbito foi registrado às 8h59, horário em que ele parou de reagir às manobras de reanimação dos médicos. A equipe constatou um hemotórax, ou seja, um derramamento de sangue na cavidade pleural, membrana dupla que envolve o pulmão. 


O acidente ocorreu às 7h30, quando Maurício pedalava na pista principal do Lago Sul, próximo ao Gilberto Salomão, seguindo em direção ao Balão do Aeroporto. Em determinado momento, foi atingido por um ônibus que fazia a linha Paranoá—Núcleo Bandeirante. Havia cerca de 40 passageiros no coletivo e nenhum deles se feriu. O local ficou aos cuidados da Polícia Militar, e peritos da Polícia Civil tentarão identificar a dinâmica do acidente. Duas faixas da pista foram interditadas.
 

Dia Nacional do Ciclista

O acidente do Lago Sul ocorre um dia depois das comemorações do Dia Nacional do Ciclista. A data de 19 de agosto entrou formalmente para o calendário de datas comemorativas do país, a partir da Lei nº 13.508/2017. Para comemorar a primeira celebração da data, a ONG Rodas da Paz promoveu um café da manhã na 213 Sul, do Eixão.

O evento foi marcado por homenagens ao ciclista Pedro Davison, atropelado em 2006 na mesma data. Bruno Leite, coordenador da ONG, disse que um dos objetivos da celebração era a constante luta por ruas mais seguras. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.