Breaking News
recent

Homicídio em Ilhéus; guerra de facções na festa da cidade

A vítima e o criminoso
O homicídio registrado no Viva Ilhéus, na noite desta quinta-feira (28), tem ligação com a guerra entre facções, de acordo com a polícia. A vítima foi identificada como Eric Sousa, morador do Alto do Coqueiro. Ele foi baleado com cerca de cinco tiros próximo do palco principal. Um policial militar que estava perto do tiroteio conseguiu atirar no autor do homicídio, Samuel Pólvora Vieira, 24 anos, que estava preso há pouco mais de um mês no Conjunto Penal de Itabuna. A esposa dele, Dominique, que também foi presa, carregava as armas dentro de uma bolsa. O segundo envolvido, Ígor Jesus da Silva, 21 anos, foi levado para a delegacia. O soldado da polícia militar Laerth Firme Bomfim, 28 anos, lotado na 71ª Cipm de Canavieiras, ficou ferido na perna pelos próprios colegas, após atingir o suspeito que assassinou o homem na festa. Consciente, o policial foi socorrido em uma ambulância do município, atendido pelo médico Alberto Lucas. Seu estado de saúde é considerado estável. Outra vítima, esta de bala perdida, João Carlos Santos Belmiro, 33 anos, também foi levado ao hospital. (Fábio Roberto)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.