Breaking News
recent

Eunápolis: Pais e alunos protestam por falta de professores em escola municipal

Pais e alunos da escola municipal Frei Calixto, no município de Eunápolis, realizaram nesta segunda-feira (7) uma manifestação para protestar a respeito da falta de professores na escola. Devido ao ocorrido, as aulas do colégio foram suspensas. De acordo com Selma Bianchi, mãe de um estudante do 5° ano do ensino fundamental, a escassez de professores acontece desde início do ano letivo, no dia 19 de fevereiro. “As crianças chegam às 7h e são liberadas às 8h30 ou 9h porque não tem professores para todas as disciplinas. A turma do meu filho está sem aula de matemática. As crianças estão desmotivadas, não querem mais vir à escola”, contou Selma. A mãe contou que o grupo de manifestantes procurou a Secretaria de Educação do município, mas ainda não houve resposta sobre quando o problema será resolvido. “Toda semana eles prometem que na semana seguinte estará tudo resolvido e nada. Já se passaram mais de dois meses desde o início do ano letivo”, falou Selma. De acordo com o site Radar 64, a secretária de Educação, Maureen Lacerda afirmou que já havia encaminhado três novas sugestões de professores para assumir o cargo de direção da escola. “Como é uma escola de educação infantil e ensino fundamental I, encaminhamos o nome de três pedagogos. A direção rejeitou os nomes, alegando que eles não atendiam as necessidades da escola”, contou Maureen. De acordo com a secretária, a escola está rejeitando professores sem fazer nenhuma avaliação técnica. “Eles estão com reserva em relação a alguns professores e isso nós não aceitamos”, disse ela. Maurren garantiu que esta semana será concluída a contratação dos últimos professores aprovados no processo seletivo realizado pela prefeitura em fevereiro de 2018. Segundo ela, a secretaria estava aguardando a decisão do Ministério Público, que autorizou as contratações com carga horária de 40h. Sobre a reposição das aulas, a secretária disse que já foi elaborado um cronograma, que será encaminhado para aprovação do conselho Municipal de Educação e da APBL/Sindicato.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.