Breaking News
recent

Advogado envolvido na morte do publicitário Daniel Prata é detido em blitz de alcoolemia

O advogado Roberto João Starteri Sampaio Filho, acusado de ser responsável pela morte do publicitário Daniel Prata, foi detido, na noite de sexta-feira (4), em uma blitz de alcoolemia realizada na avenida ACM, próximo ao hospital HapVida.
De acordo com fontes do BNews, ele foi abordado pelos agentes da Transalvador e teve a carteira retida, sendo conduzido para a delegacia. Roberto João Starteri Sampaio Filho, que responde em liberdade, não teve a carteira apreendida após o acidente e dirige sem restrições.
O acidente ocorreu no dia 8 de novembro de 2014, no bairro do Itaigara, em frente ao Parque da Cidade. Com o impacto da colisão, o publicitário morreu na hora. Ele ficou preso nas ferragens após o carro que dirigia, um modelo Sonata, capotar na pista. A amiga, que estava no carona, ficou internada no Hospital Geral do Estado (HGE) e, posteriormente, transferida para um hospital de São Paulo. O advogado chegou a ser preso após a colisão que o fez bater com a cabeça após seu veículo modelo Nissan Frontier ficar também destruído. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e apresentava sinais de embriaguez.
 
No dia 8 de agosto de 2017, aconteceu a audiência de instrução. A audiência na 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca do Salvador deveria ter ocorrido no dia 3 de novembro de 2016, mas foi adiada para 2 de fevereiro deste ano e remarcada para agosto, porém, não foi concluída. Uma testemunha arrolada pelo Ministério Público, um socorrista no dia do fato, que confirmou a gravidade dos danos sofridos pela vítima Luciana foi ouvida.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.