Breaking News
recent

Record é condenada a exibir programas de religiões afro

Paulo Uchôa/LeiaJáImagens Autores do processo alegam que a emissora ataca as religiões afro-brasileiras Paulo Uchôa/LeiaJáImagens
Após perder um recurso na Justiça Federal de São Paulo, a Rede Record será obrigada a exibir 16 conteúdos produzidos por entidades ligadas a religiões de matriz africana. A decisão, anunciada na última quinta-feira (5), da 9º Turma Recursal do Tribunal Regional Federal de São Paulo foi unanime. Os autores do processo alegam que a emissora ataca as religiões afro-brasileiras, que “vêm sofrendo constantes agressões” durante a programação da Record.
Eles ainda pontuam que o programa 'Mistérios', com o quadro “Sessão de descarrego”, e o livro, de Edir Macedo, “Orixás, Caboclos e Guias, Deuses ou Demônios” contêm ofensas a religiões de matriz africana. A magistrada, responsável pelo caso, Dr. Djalma Moreira Gomes alegou que “Esse tipo de mensagem desrespeitosa, com cunho de preconceito, mesmo que transmitida em horário de pouca audiência, tem impacto poderoso sobre a população, principalmente a de baixa escolaridade, porque é acessada por centenas de milhares de pessoas que podem recebê-la como uma verdade”, ressaltou.
A resolução estipula que os programas serão exibidos em horário nobre por 16 dias e que sejam gravados nos estúdios da emissora. A Rede Record afirmou que não falará sobre a possibilidade de recorrer.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.