Breaking News
recent

Lindbergh, Índio, Romário, Sérgio Cabral e Pezão delatados

Sobrou até para Lindbergh Farias, a proposta de delação do ex-secretário de Obras do Rio de Janeiro Hudson Braga. Em 2010, durante a eleição estadual, o PMDB formou coligação com o PT na disputa pelo governo. Por conta deste acordo, Pezão tratou com o então candidato ao Senado a utilização de recursos públicos para beneficiá-lo da seguinte forma: o governo assumiria pagamentos de contratos pendentes da prefeitura de Nova Iguaçu, o que poderia inviabilizar a candidatura do petista. Em contrapartida, a Odebrecht, empreiteira beneficiada pelo acordo, contribuiria para a campanha de Lindbergh. E foi o que aconteceu. A construtora doou cinco milhões.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.