Breaking News
recent

Garota vai à escola sem sutiã e é obrigada a colar curativos nos mamilos


Uma garota americana de 17 anos foi obrigada a colar curativos nos mamilos após decidir ir à escola sem sutiã. Lizzy Martinez mora na Flórida e vestia um moletom cinza e largo quando foi chamada à sala da reitoria. O motivo? A ausência do sutiã estava distraindo os colegas de sala.
Segundo o jornal americano The Bradenton Herald, a jovem disse que a humilhação começou quando ela foi chamada pela reitora do colégio, Violeta Velazquez. “Ela disse que eu estava distraindo os colegas e que precisava resolver isso. Então, afirmou que eu deveria colocar uma blusa por baixo do meu moletom para pressionar e comprimir meus seios”, contou Lizzy.
A segunda blusa não foi suficiente para a satisfazer a reitora, contou a aluna. Após retornar à sala, foi chamada pela enfermeira do colégio, que a entregou quatro curativos, dois para cada mamilo. Lizzy ficou em prantos e se pronunciou nas redes sociais.
“Eu decidi que não usaria sutiã hoje e fui expulsa da minha sala por ser considerada uma distração aos garotos”, disse. “A minha escola basicamente me disse que a educação deles é mais importante que a minha e que eu devo ter vergonha do meu corpo”. Lizzy pediu, ainda, que a escola parasse de sexualizar seu corpo.
O distrito escolar da Flórida reconheceu que os representantes da escola poderiam ter lidado com a situação de outra forma, mas garantiram que estavam apenas tentando reforçar o código de vestimenta. O conselheiro geral do distrito, Mitchell Teitelbaum, disse em declaração que a jovem violou o uniforme escolar, distraindo os alunos. Por isso, a escola estava, apenas, tentando ajudá-la a consertar o erro.
Segundo o Código de Conduta do Aluno, “espera-se que o estudante se vista apropriadamente para a escola e para o aprendizado, com a atenção devida à limpeza pessoal e higiene”. O código de vestuário não exige sutiãs.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.