Breaking News
recent

Neto reitera críticas ao PT e acusa Dilma de travar projeto do BRT


Durante a assinatura da ordem de serviço da primeira etapa do BRT, no canteiro central da Avenida Antônio Carlos Magalhães, na manhã desta quinta-feira (29), o prefeito ACM Neto (DEM) voltou a criticar o governo Dilma Rousseff (PT), que teria colocado dificuldades para o andamento do projeto.

“Se o PT ainda governasse o Brasil, Salvador não teria o seu BRT. Porque eles não se cansaram de nos perseguir, de nos enrolar, de prometer e depois virar as costas para a nossa capital. Mas eu jamais deixei de acreditar no BRT, de confiar que esse dia chegaria”, bradou o democrata.

A primeira etapa do projeto é orçada em R$212.781.070,50, oriundos de financiamento junto à Caixa Econômica Federal.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.