Breaking News
recent

Grávida baleada morre após cirurgia; bebê também não resiste


Raísa Rodrigues Santos, 19 anos, que foi submetida a uma cesárea de emergência no Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, após ser baleada, morreu por volta de 1h da madrugada desta terça-feira (20). O bebê também não resistiu.
A jovem, que estava grávida de oito meses, foi atingida por três tiros na barriga, por volta das 19h de segunda-feira (19), na porta do avô, na Rua Beira Rio, bairro Baianão.
Segundo a polícia, a intenção do assassino era interromper a gestação. Ainda conforme as informações, após o crime o bandido fugiu em uma bicicleta, atirando para o alto, para que a população não o seguisse.
Familiares disseram para a polícia que Raísa estava solteira e não tinha revelado quem era o pai da criança. Um inquérito já foi aberto para apurar o crime. Algumas testemunhas serão ouvidas esta manhã. "Já temos um suspeito e estamos em seu encalço", diz o delegado Moisés Damasceno.
A família informou que Raísa já tinha um filho de quatro anos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.