Breaking News
recent

Mulher é presa após preparar jantar com veneno de rato e matar marido na PB

Reprodução/TV Paraíba
Sem aceitar fim do casamento, Ednalva usou veneno de rato para matar o marido
Sem aceitar fim do casamento, Ednalva usou veneno de rato para matar o marido
Inconformada com o fim do casamento, uma mulher de 52 anos matou envenenado o marido na madrugada de quinta-feira (1) em Campina Grande, Paraíba. Ednalva Laurindo Ferreira foi presa no mesmo dia, após confessar o crime.
A mulher acabou denunciada pela própria família. Ela revelou que usou veneno de rato para matar o pedreiro Irenaldo Bezerra, 61.
Ao UOL, a delegada Ellen Maria, da Delegacia de Homicídios, confirmou que o crime teve motivação passional. "Ela contou que praticou o ato porque, no dia anterior, o marido havia dito que tinha encontrado outra mulher e queria terminar o casamento. Ela ficou inconformada."
Embora vivessem em união estável há seis anos, os dois moravam em casas separadas. Ednalva planejou o crime ainda na quarta-feira (31), assim que recebeu a notícia. "A ação foi consciente. No dia seguinte à notícia sobre o fim da união, ela saiu de sua residência com o veneno de rato e foi para a casa do companheiro."
Reprodução/TV Paraíba
Irenaldo Bezerra comeu molho com carne envenenado e morreu de madrugada
Lá, ela preparou o jantar e misturou o veneno ao molho com carne que cobria o cuscuz. Bezerra não reclamou do gosto e foi dormir em seguida. "Ele passou mal a noite toda até que morreu por volta das 2h", conta a delegada Ellen Maria.
Ednalva deixou o corpo deitado de Irenaldo Bezerra na cama quando amanheceu o dia e foi para a casa de parentes. "Eles a acharam muito apreensiva e começaram a fazer perguntas, até que ela confessou." Os familiares, então, ligaram para a Polícia Militar, que a prendeu em flagrante.
"No depoimento, ela primeiro disse que não se arrependia, depois contava que estava arrependida", contou a delegada. A mulher foi levada para a carceragem na Central de Polícia da cidade, enquanto o corpo da vítima foi encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal de Campina Grande.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.