Breaking News
recent

Lixão de Itajuípe prejudica produtores rurais e está contaminando o Rio Almada

Moradores tem dificuldades para passar na estrada I Foto: COMMAM/Itajuípe
Produtores rurais e moradores de fazendas próximas a antiga fazenda Ouro Preto, localizada na antiga estação de trem, no município de Itajuípe, estão sofrendo com um lixão no local. Crianças e adulto estão ficando doentes com freqüência por conta do mau cheiro e das moscas que entram nas casas provenientes do lixão. “Não podemos almoçar, tomar café ou jantar, por conta do fedor desse deposito de lixo da Prefeitura de Itajuípe”, conta um agricultor, que prefere não se identificar. O mais preocupante ainda, é que nas proximidades do lixão, que fica distante 1,5 km do centro de Itajuípe, passa o Rio Almada, que vem sendo poluído pelo caldo que escorre do lixo, que é denominado como chorume. Pra quem não sabe, o chorume é altamente poluente, e é gerado pela decomposição da matéria do lixo. O chorume se infiltra no solo e contamina o lençol freático, com efeitos nocivos sobre a água, a flora e a fauna e comprometimento da saúde pública. Segundo moradores da localidade, todo o lixo produzido na cidade de Itajuípe é despejado diariamente no local pelas caçambas da Prefeitura Municipal.
Caçambas despejam o lixo e interditam estrada I Foto: COMMAM/Itajuípe
Além dos problemas causados pelo lixo, as caçambas da prefeitura estão despejando o material no meio da antiga estrada onde passava a ferrovia, que hoje liga a BR-101 ao centro de Itajuípe. O Rio Almada, que abastece algumas cidades da região, entre elas a cidade de Itabuna, também vem sendo contaminado pelo lixão clandestino de Itajuípe. Nas fotos tiradas pelo COMMAM e entregues a equipe do UBAITABA URGENTE, é possível ver uma valeta aberta pela equipe da prefeitura, para o chorume escorrer e cair dentro do referido rio, que fica a menos de 60 metros do lixo. Um dos produtores  que também vem sendo prejudicado, Sr Emidio Galo da Costa, proprietário da fazenda Golfo, antigo Ouro Preto, vem lutando para que os órgãos competentes tomem as devidas providências para interditar e acabar de uma vez por todas com o referido lixão. Emidio já procurou o Conselho Municipal do Meio Ambiente de Itajuípe (COMMAM), que por sua vez prometeu denunciar o caso ao Ministério Público (MP).
Foto: COMMAM/Itajuípe
O produtor rural conta que o MP já tem conhecimento do crime ambiental, que inclusive já até multou a prefeitura. Em 2014 o vereador Ivan Junior (DEM), esteve no local e filmou a situação. O vídeo gravado pelo vereador mostra na época caçambas da prefeitura derramando lixo e interditando a estrada.
No dia 26 de abril de 2018, a Câmara Municipal de Vereadores, através do vereador Ivan Junior, estará promovendo na cidade de Itajuípe, uma Audiência Pública para tratar de assuntos referentes ao lixão com a participação do COMMAM, produtores rurais da região, Poder Executivo e autoridades competentes.  O redação do UBAITABA URGENTE tentou entrar em contato com a Prefeitura de Itajuípe pelo telefone (73) 3238-1712, mas não fomos atendidos. (Redação: Jackson Cristiano/Ubaitaba Urgente)
Valeta leva o chorume até o Rio Almada I Foto: COMMAM/Itajuípe

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.