Breaking News
recent

Festa de Iemanjá reúne performances e shows alternativos

Festa de Iemanjá reúne extensa programação cultural - Foto: Joá Souza | Ag. A TARDE
Festa de Iemanjá reúne extensa programação cultural

2 de fevereiro não é apenas dia de festa no mar, mas também nas ruas. As vias públicas do Rio Vermelho são ocupadas por performances, exposições, arrastões e cortejos de blocos em homenagem a Iemanjá, a mãe de todos os orixás.
As comemorações começam pela madrugada e seguem durante todo o dia. Hoje, às 23h, na quadra esportiva da rua da Paciência, o grupo feminino Maracatu Ventos de Ouro inicia a concentração para o VI Cortejo Pernambaiano. Meia noite, as percussionistas saem em caminhada.
"O cortejo é fruto de um trabalho coletivo que busca difundir as manifestações artísticas da cultura afro-brasileira. Nessa data, fazemos um cortejo especial. Teremos a ala de dança e do batuque. À frente, uma escultura e um balaio com os presentes. Vamos caminhar até a Casa de Iemanjá, desceremos à praia, onde realizaremos uma ciranda. Depois, pegaremos um barco e vamos fazer a entrega dos presentes em alto mar", informa Josy Garcia, integrante do Maracatu Ventos de Ouro.
Ao amanhecer do dia, na alvorada, quem ganha as ruas é o cortejo-performático feminino LAVAGEM, que sairá do Lalá Multiespaço em direção à Praia da Paciência. "É o segundo ano do projeto, que é uma criação cênica, mas que não tem interesse em demarcar o que é arte e o que é místico. O objetivo é unir várias mulheres, caminhar juntas, expressar as memórias diversas de violências sofridas e impregnadas nos nossos corpos. Entregamos essas memórias a Iemanjá", ressalta Raiça Bomfim, produtora do projeto.
Logo em seguida, às 7h, com alegria e irreverência, o bloco FéMenina sai em cortejo da Casa Guió e levará o debate sobre igualdade de gênero às festividades. "A intenção do FéMenina é envolver as pessoas numa reflexão sobre igualdade de gênero, o urgente combate ao machismo, à homofobia, à lesbofobia, que fazem vítimas cotidianamente", explica a jornalista Renata Menezes, idealizadora da iniciativa.
Meio ambiente
Outro assunto que vai ganhar destaque nas performances e arrastões pelas ruas do Rio Vermelho é o cuidado com o meio ambiente. A pesquisadora e artista cênica Elizabeth Doud incopora uma sereia vigilante que sai das águas para denunciar o pouco cuidado que o ser humano tem com o mar. "A performace Fábrica de Lágrimas de Sereia é parte de um projeto de pesquisa da Ufba. Nossa primeira apresentação foi em 2015. Este ano, o diferencial é que não ficaremos paradas em um só lugar, vamos passear pelas ruas em um palco sobre rodas, puxado por uma bicicleta", diz Elizabeth.
Desde 2012, a cantora e ativista ambiental Cyda Lyyma aborda a temática do lixo e da poluição do meio ambiente durante a festa de Iemanjá. Amanhã, às 8h, na Ladeira do Papagaio, a artista comanda o arrastão do bloco Tudo X Transforma. "Com alegria e animação, vamos às ruas com uma campanha de conscientização ecológica. Vamos alertar sobre a importância de se lançar ao mar apenas oferendas biodegradáveis e sobre a importância da reciclagem. Das embalagens jogadas fora, que poderiam estar poluindo o meio ambiente, nasceram roupas, objetos e adereços do nosso bloco", enfatiza Cyda.
Exposições
O cuidado com o meio ambiente também é tema da exposição Metamorfose Urbana Sobre as Águas do artista Gilson Cardoso, que segue aberta ao público hoje e amanhã, na Cantina da Lua do Rio Vermelho, na Vila Caramuru. A mostra é composta por pinturas, esculturas, objetos e móveis construídos com pneus, papelão, plástico e outros materiais descartados, e visa despertar na população a consciência ambiental, a importância de não se jogar lixo nas águas.
Já no Restaurante Solar Rio Vermelho, fotografias de Carol Dantas e Osmar Gama são apresentadas ao público na exposição Uma Oferenda a Iemanjá. Aberta à visitação das 12h às 24h, até o dia 28.
Festas
Além das performances, cortejos pelas ruas e exposições, diversas festas agitam o bairro mais boêmio de Salvador. A tradicional Oferenda Musical na Rua Fonte do Boi, com palco montado na Loja Midialouca, oferece programação gratuita com mistura de estilos musicais, como pop, reggae, ijexá, samba e rock. No Lalá Multiespaço acontecerá, a partir da meia-noite, o Festival Oferendas, projeto construído com ação colaborativa pela internet. Márcia Castro, Josyara e Lívia Nery são algumas das artistas que farão apresentações gratuitas em um palco voltado para a rua. A cantora Larissa Luz é a atração de destaque da Festa PUNANNY, que vai rolar hoje no Clube Bahnhof, a partir 22h, com ingressos a R$ 15.
A festa de Iemanjá é um espaço rico e de fortalecimento do cenário artístico alternativo. Mas o cacique Carlinhos Brown marca presença com o projeto Enxaguada Iemanjá. O mestre do Candeal recebe Diogo Nogueira, Timbalada, Mariene de Castro, Margareth Menezes e Filhos de Gandhy, a partir das 16h, no palco montado na Vila Caramuru. Os ingressos variam entre R$ 60 a R$ 120.
*Sob supervisão da editora márcia moreira

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.