Breaking News
recent

Pré-candidatos iniciam 2018 com vídeos de autopromoção


Os possíveis candidatos ao governo de Minas também deixaram suas mensagens
Virada de ano é tempo de mandar recados para os amigos, fazer balanços do que passou e desejar boas vibrações. Pois para políticos que pretendem estar no páreo nas eleições de outubro foi uma oportunidade para mostrar a cara para o eleitor nas redes sociais e se colocar como parte necessária para concretizar o “desejo” de boas novas para o Brasil. Nas mensagens de réveillon, pré-candidatos à Presidência da República e ao governo de Minas também indicam qual deve ser o tom dos discursos na campanha eleitoral.

Presidenciáveis como Jair Bolsonaro (PSC), Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB) não perderam a oportunidade de deixar um recado em suas páginas. Se dizendo ainda rouco “da luta”, Ciro disse que o ano que começa será importante na vida do país e mandou mensagem especialmente para os desempregados, trabalhadores informais e os que dependem da saúde pública. “Não é justo o que o nosso país tem dado a vocês. Espero que esse ano seja o ano em que a esperança se transforme num gesto de luta e que Deus nos abençoe para achar um caminho em que o Brasil protejas a todos, mas especialmente os mais pobres e os mais humildes”, registrou.
Também em uma linha de crítica ao governo do presidente Michel Temer (PMDB), o tucano Geraldo Alckmin falou na construção de um país mais justo. “Que consigamos fazer o Brasil vencer a desigualdade e a crise econômica, com muita consciência e dedicação”, afirmou em vídeo divulgado no Twitter.

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), outro que chegou a ser cotado para concorrer ao Planalto, postou mensagem exaltando o show de réveillon que produziu na Avenida Paulista. O ex-presidente Lula, que já havia antecipado as mensagens em vídeo no dia 22, sugeriu mudanças para o país. “Tenho certeza de que a cada dia de 2018 vamos dar novos passos para construir um Brasil com menos ódio, menos violência, menos pobreza e com mais harmonia, mais justiça e uma vida melhor para todos.”


O deputado federal Jair Bolsonaro preferiu ser mais didático. Vestido com a camisa do Brasil e com duas crianças a tiracolo, perguntou para que serve o Parlamento e o que é preciso fazer para mudar o país, para então introduzir sua “dica” para os eleitores. “Vamos acreditar em Deus e desejar o bem para todos, mas cada um tem de fazer sua parte.

Os funcionários que devem ir para a política devem ser muito bem escolhidos para que possam produzir a felicidade”, disse. A ex-ministra Marina Silva disse que 2017 foi um ano muito difícil e pediu que as esperanças sejam renovadas para os brasileiros. “Peço a Deus que continue nos abençoando ricamente e nos ajudando a construir o Brasil que queremos.”

RECADOS AOS MINEIROS

Os possíveis candidatos ao governo de Minas também deixaram suas mensagens. A começar pelo governador Fernando Pimentel (PT), que deve tentar a reeleição. O petista divulgou vídeo ontem lembrando que há três anos os mineiros escolheram seu modelo de governo. “É por isso que nosso estado está melhor que a maioria dos outros estados em meio a essa crise devastadora que o Brasil atravessa”, disse. O ex-prefeito Marcio Lacerda (PSB), também postulante ao governo, aproveitou para se apresentar em um vídeo e dizer que, em 2017, visitou 110 cidades. “É verdade que Minas passa pela pior crise de sua história, mas o contato que tive com nossa gente me encheu de entusiamo e me deixou com a firme certeza de que Minas tem jeito.”

Outro pré-candidato, o ex-presidente da Assembleia Dinis Pinheiro (PP), disse que o ano que passou foi duro e pregou a renovação. “As más escolhas do governo do estado feriram quem realmente importa: o povo. Em 2018, teremos uma grande oportunidade de mudarmos o curso da nossa história! Que esse momento represente uma virada de página, um novo começo, uma nova história para o povo mineiro”, disse.

O senador Aécio Neves (PSDB), que já anunciou candidatura ao governo ou ao Senado, desejou um feliz ano-novo, sem entrar em clima de campanha. O deputado federal Rodrigo Pacheco (PMDB), outro forte concorrente para o Palácio Tiradentes, optou por uma mensagem ‘terceirizada’ em que um locutor fala de suas realizações em 2017. O vídeo diz que o pré-candidato ao governo dedicou emendas parlamentares ao estado e teve o trabalho premiado em rankings de avaliação de políticos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.