Breaking News
recent

Em defesa de Lula, Rui diz que eleição deve ser decidida pelo povo e não por “dois ou três juízes”

[Em defesa de Lula, Rui diz que eleição deve ser decidida pelo povo e não por “dois ou três juízes”]
10 de Janeiro de 2018 às 21:56 Por: Paulo M. Azevedo Por: Eliezer Santos08comentários
O governador Rui Costa (PT) participou, nesta quarta-feira (10), de um ato que reuniu lideranças e movimentos sociais "em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato", realizado no Teatro Jorge Amado, em Salvador. Em coletiva à imprensa, o petista afirmou que a ausência de provas contra o ex-presidente coloca em cheque a “segurança jurídica” do julgamento do próximo dia 24 no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).
“O próprio juiz diz na peça que ele não tem prova, mas está convencido. É demais para nossas cabeças, para a consciência e para o destino do país querer condenar um ex-presidente apenas com a convicção de um juiz. Isso é um perigo grande não só para a democracia, mas também para a segurança jurídica. Isso não está correto”. 
Para o governador, a politização que cerca a questão judicial contraria a legitimidade democrática do pleito eleitoral no país. 
“Estamos defendendo que ele, como qualquer outro brasileiro, tenha direito a ser candidato e quem decida a eleição seja o povo brasileiro. Quem tem que decidir que vai ser o presidente não é um, dois ou três juízes brasileiros, e sim os 200 milhões de brasileiros”, acentuou.
 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.