Breaking News
recent

Delegado morto no Rio será enterrado neste sábado


Deve ser enterrado neste sábado (13) o delegado da Polícia Civil Fábio Monteiro, encontrado morto no porta-malas de um carro na avenida Dom Helder Câmara, próximo à favela do Arará, no Rio de Janeiro. O velório do delegado ocorre desde as 9h na Acadepol (Academia Estadual de Polícia Sylvio Terra) e o enterro será no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju.
Um suspeito do crime já teria sido identificado, de acordo com informações do jornal "Extra". Procurada pela reportagem, a Polícia Civil não confirmou a informação. A Secretaria de Segurança Pública do Rio também disse não ter informações para divulgação.
O Disque-Denúncia divulgou cartaz oferecendo recompensa de R$ 5.000 para quem der informações que esclareçam a morte de Monteiro.

Teria sido reconhecido por criminosos

O delegado estava chegando à Cidade da Polícia, complexo policial próximo à favela do Jacarezinho, quando teria sido reconhecido por criminosos e sequestrado.
O delegado trabalhava na Central de Garantias da Cidade da Polícia e ingressou na corporação em 2013. Além de agente, ele também era professor de Direito Penal e Processo Penal em um curso preparatório para ingresso na Polícia Civil.

Operação teve 40 detidos

Guito Moreto/Agência O Globo
Operação policial no Jacarezinho, após corpo do delegado ter sido encontrado
Logo após o corpo ter sido encontrado, a Polícia Civil conduziu uma grande operação nos complexos do Jacarezinho e Arará. Mais de 40 pessoas foram detidas.
Em nota, o chefe da Polícia Civil do Rio, delegado Carlos Leba, lamentou a morte do colega. "Clamamos pela vida dos policiais que, angustiados, veem mais um companheiro tombando --se imaginando ele. Portanto, atentemos para o fato de que devemos estar aptos para proporcionar a justiça, e não a vingança", declarou.

RJ já tem 6 policiais mortos em 2018

Na quinta-feira, o cabo Edson Magalhães Ribeiro Júnior, 38, foi assassinado em Cosmos, na zona oeste do Rio; outros quatro PMs já haviam sido mortos desde o começo do ano.
As mortes dos agentes da PM e do delegado Monteiro somam-se à estatística de policiais assassinados no Estado. Em 2017, 134 PMs foram mortos entre janeiro e dezembro --um a menos que em 2016--, e outros quatro policiais civis assassinados em serviço.

Delegado é encontrado morto no porta-malas no Rio

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.