Breaking News
recent

Daniel Cravinhos, condenado pela morte do casal Richthofen, deixa a prisão


Daniel Cravinhos, condenado a 39 anos de prisão pelo assassinato de Manfred e Marisa von Richthofen, em 2002, deixou a Penitenciária de Tremembé (SP) nesta terça-feira (16/01).
Ele cumprirá o restante da pena em liberdade. O acusado foi apontado como autor da execução do casal junto com o seu irmão, Christian. Na época, ele era namorado de Suzane também acusada pela morte dos pais.
A defesa fez o pedido para que Daniel cumprisse o restante da sua pena no regime aberto e foi concedido pela Vara de Execuções Criminais de Taubaté (SP).
A justificativa é que o acusado cumpriu o tempo legal de prisão nos regimes fechado e semiaberto, sem incorrer em falta grave. Além disso, Daniel teve bom comportamento durante o tempo que ficou preso. Cravinhos casou enquanto estava preso, em 2016.
(Foto: Reprodução Facebook)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.