O suicídio ocorreu no ano de 2016, mas o caso foi revelado somente agora. A Irlanda está em choque e fez um grande alerta sobre os graves problemas de autoestima e imagem na juventude. De acordo com a imprensa local, a menina Milly Tuomey, de 11 anos, tirou a própria vida [VIDEO] após ter postado uma mensagem dizendo que não estava feliz com a aparência.
Os pais de Milly, após serem alertados pelos coleguinhas da menina, a levaram para que pudesse ter acompanhamento psicológico até o final de 2015. Foi quando leram em seu diário a vontade que ela tinha de não viver mais. Ela em outras ocasiões já tinha se cortado e registrado "meninas bonitas não comem" com seu sangue.
Foi o que disse sua mãe ao ser entrevistada pelo "The Irish Examiner".
Segundo a mãe de Milly, eles estavam em estado de choque e não sabiam mais o que fazer após o ocorrido com a filha. Ela participa de grupos de combate e prevenção ao suicídio.
Exatamente no dia 1º de janeiro de 2016, Milly declarou que estava muito entediada e foi para o quarto, minutos depois ela já estava em estado crítico. Três dias depois ela faleceu. A revelação do caso demorou quase dois anos, mesmo assim despertou nos pais e educadores uma onda de alerta, que passaram a cobrar políticas públicas que previnam os jovens e crianças do suicídio.

Dados da OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) apresentou dados bem recentes [VIDEO] demonstrando o suicídio está sem segundo lugar entre as causas que geram a morte de jovens entre os 15 e 29 anos.
Há um dado bem preocupante, segundo a #OMS: mais de 800 mil pessoas têm tirado sua própria vida em todo o #Mundo por ano.

Alerta no Brasil

Segundo dados levantados, no Brasil morrem, em média, 32 pessoas por suicídio por dia. Hoje esta questão já esta sendo tratada como problema de saúde pública. Se houvesse um trabalho de prevenção, nove de cada dez destas mortes podem ser evitadas.
O que ocorre é um transtorno mental no momento de conflitos existenciais. Se a pessoa não receber ajuda a tempo, poderá dar o fim a própria vida. O Centro de Valorização da Vida (CVV) está oferecendo apoio emocional e prevenção ao suicídio sete dias por semana, 24 horas por dia. As informações podem ser obtidas pela página da CVV na internet: https://www.cvv.org.br .
A depressão é uma das principais causas do suicídio, [VIDEO] chegou a ser considerada o mal do século. É importante que os pais observem o comportamento dos filhos, intensifiquem o diálogo e estejam presentes no processo da educação. #Saudepublica