Breaking News
recent

O “beijaço gay” do Rock In Rio

O cantor pernambucano Johnny Hooker “causou” – para usar uma adequada gíria do meio homossexual – em seu show na suarenta tarde de domingo no Rock In Rio. O artista, que já havia qualificado esta como a “edição mais gay” do festival carioca, deu sua contribuição para a consumação dessa tendência ao protagonizar um beijaço no colega Liniker.
Momentos antes de subir ao palco, Hooker havia prometido cometer um “ato de amor” no palco. Não deu outra: na apresentação ao lado do também pernambucano Almério, o cantor não só beijou a boca do paulistano Liniker, como também deu um beijo de língua no guitarrista de sua banda. A plateia ficou eletrizada – e vários casais gays se animaram a repetir o gesto no meio da multidão de espectadores do Rock in Rio.
O beijo militante veio acompanhado de protesto contra o presidente Michel Temer. Enquanto Hooker e Liniker se beijavam, o telão ao fundo mostrava os dizeres “Amar sem Temer”, além de denunciar que o Brasil é o país que mais mata pessoas do meio LGBT no mundo. O episódio acabou puxando um inevitável coro de “Fora, Temer” na massa de espectadores

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.