Breaking News
recent

Falha feia, personalidade forte: Thiago mata no peito erro na final

Se a pressão em Alex Muralha era enorme pelos erros em 2017 e provocações sofridas, agora a cobrança é sobre todos os goleiros do Flamengo disponíveis para a Copa do Brasil. Thiago, seu substituto imediato, entrou e falhou. Feio, diga-se de passagem (veja acima).
Mas teve personalidade de sobra para atender jornalistas no campo e na zona mista do Maracanã e admitir o erro. De semblante fechado e tom de voz baixo, usou palavras curtas e duras consigo mesmo, como "jogando no Flamengo, a gente não pode tomar um gol desse". Estava abatido, mas deu a cara à tapa. Muralha mostrou maior dificuldade diante dessas situações na atual temporada.
Não que a sinceridade absolva o camisa 30 de um equívoco que custou a vitória rubro-negra. Superior e ofensivo o tempo inteiro, o Rubro-Negro tinha tudo para vencer. Chutou mais (16 a 11) e sobrou na posse de bola: 67 a 37%. Esbarrou num erro, que, segundo Thiago, não pode acontecer com quem "joga no Flamengo".

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.