Breaking News
recent

Acionistas minoritários organizam saída de Wesley e Joesley Batista da JBS


Acionistas minoritários organizam saída de Wesley e Joesley Batista da JBS
Foto: Claudio Belli / Valor
Acionistas minoritários articulam a saída dos irmãos Wesley e Joesley Batista do comando da JBS. O grupo se reunirá em assembleia no próximo dia 1º, quando vão discutir a proposta do BNDES - principal acionista minoritário - para processar os controladores e ex-administradores, Florisvaldo Caetano de Oliveira e Francisco de Assis e Silva, além do próprio Joesley. De acordo com a Folha, o banco quer contratar também uma auditoria externa para quantificar os danos gerados à empresa e identificar outros responsáveis. "A permanência dos Batista é insustentável sob qualquer ponto de vista. São criminosos confessos e não poderiam continuar no comando de qualquer companhia do Brasil", avaliou o vice-presidente da Associação dos Investidores Minoritários do Brasil, Aurélio Valporto. Além do BNDES, os minoritários têm 36% do capital da JBS, nenhum deles com mais de 5%. Os controladores possuem 42% da empresa. Segundo Valporto, eles não poderão votar a proposta, já que são parte interessada. Em conferência nesta terça (15), Wesley Batista disse apenas que a reunião de setembro será "uma ótima oportunidade para mostrar o que foi feito" em se tratando de medidas de ajuste após a divulgação das delações dos empresários.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.