Na luta por sua terra natal, o deputado estadual Augusto Castro se reuniu com a Desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) para discutir o fechamento da comarca de Ibicaraí, na tarde dessa segunda-feira,08/05. O parlamentar considerou que a reunião superou as expectativas, já que foi garantida a continuidade dos serviços prestados pelo fórum da cidade.

Presidente demonstrou sensibilidade ao pedido. “Temos que dar resposta ao povo. Estamos num movimento social para trazer transformação aos cidadãos”, disse a magistrada. “Os Poderes da União existem para facilitar a vida do cidadão e não para dificultar. Estamos juntos buscando a melhor saída para que esse fórum não encerre seus serviços e nessa reunião de hoje foi possível ver o interesse do próprio TJ em colaborar com isso”, expressou Augusto.

Além disso, o parlamentar também lembrou que os moradores enfrentarão dificuldades de locomoção e acesso para resolver situações jurídicas corriqueiras, como demandas de Cartório Civil, Cartório Crime, Defensoria Pública, Promotoria, dentre outros. “O fechamento dessa comarca pode acarretar um retrocesso no desenvolvimento local”, disse. A Comarca de Ibicaraí atende também demandas dos municípios de Floresta Azul e Santa Cruz e atualmente tramitam mais de 7 mil processos.

Ainda no Tribunal de Justiça, o deputado foi atendido pela Juíza Marielsa Brandão, que já atuou na Comarca da cidade em 1993 e manifestou seu interesse e empenho na resolução do caso. “O povo de Ibicaraí pode se tranquilizar quanto ao fechamento do Fórum porque houve uma garantia de que o TJ-BA não desativará seus serviços em Ibicaraí”, comemorou Augusto Castro.