Breaking News
recent

Florence alerta sobre embate acirrado com ACM Neto em 2018: ele é cheio de ardis

O deputado federal Afonso Florence (PT-BA) admitiu nesta terça-feira (2) que ala governista na Bahia acompanha com rigor as tratativas do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), com vistas ao pleito de 2018 pelo comando do governo do estado. Segundo ele, o demista usa de sua habilidade no campo publicitário para esconder problemas crônicos da cidade, além de “capitalizar” para sua gestão obras realizadas pelo governador Rui Costa (PT).
“Ele é cheio de ardis, tem lastro político, tem um grupo político forte, um nome forte e vai tentar, como vem fazendo, enganar a população. Ele foi a favor do golpe, do impeachment, defendeu agora a reforma da previdência. Tentou proibir os servidores municipais de se manifestar na última sexta. A gente viu que a cidade parou e ele diz que a cidade funcionou normal. Parece que ele está se especializando em ludibriar a opinião pública para aferir resultados políticos eleitorais”, declarou, em entrevista ao programa Se Liga Bocão, na Itapoan FM.
“Como o governo dele é muito ruim, ele faz propaganda de obras de encosta já na metade do segundo mandato, praticamente. No primeiro governo todo mundo lembra que ele não preparou a cidade para as chuvas e nós tivemos uma fatalidade com deslizamento de encostas, alagamento de canais. Ele investiu na Barra, que agora está sendo delatada pela Odebrecht, como fonte de um recurso que supostamente é ilegal. Se comparar os valores da Barra com o Subúrbio é um negócio escandaloso. Se comparar o que ele fez de obra viária e o que ele colocou de placa fazendo baia de ônibus em obras do governo do governo do estado para capitalizar...”, acrescentou.
Florence também criticou um dos aspectos que devem ser explorados nas disputas de narrativas do período de campanha. “Ele tem o nome do avô, a oligarquia mais poderosa da história política da Bahia. Tem cometido atos administrativos muito duvidosos, o noticiário tem mostrado situações em que seus parentes ganham concessões públicas a despeito dele ser milionário, herdeiro de uma fortuna”.
O alinhamento nacional de ACM Neto com o grupo que articulou o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e que hoje estão presos ou são alvos de investigação da Lava Jato servirá de munição na conquista de votos para a recondução de Rui, segundo Afonso Florence.
“Ele será o polo da oposição, ele está com Temer, Eduardo Cunha, Geddel, é um grupo forte, mas temos condições amplas para ganhar, repetindo a eleição em primeiro turno de Rui Costa. O PT é o partido que mudou a vida do povo e vamos derrotar a oligarquia carlista em Salvador em 2020”, sinalizou.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.